Thursday, June 21, 2007

Então deu.

É, não deu.
Nos últimos dias convivi com a soberba, real e virtual.
Entendo o forte desejo do torcedor, querer fortemente uma vitoria, mas daí a isto ser uma certeza.
A reação de qualquer torcedor é apoiar seu time, por isto nada mais normal que a participação.
Qualquer time seria apoiado tivesse trocentos mil lugares, pois a vitória era possível, se um ganha do outro, o outro pode ganhar do um.
Normal, nada de especial. Normal tudo que se viu e que se desejou, anormal foi a certeza que alguns estampavam.
Outra coisa interessante foram as reclamações de haver secadores, que vibraram com a derrota, como reclamar se o reclamante quando pode faz o mesmo.
Então não deu, sinceramente fico triste pelos amigos que expressaram o forte desejo da vitória do seu time, fico triste pelo título não seguir na cidade, no estado e no país que vivo.
Também fico satisfeito pela derrota, para ver se algumas pessoas notem que respeito é bom.
Que seus desejos não são certezas.
Era isto, aqui no sul se diz que quando algo não tem qualidade é chamado de "meia-boca", nunca o Boca perderia do meia-boca.
Os deuses do futebol assistiram o campeonato e viram que um time que perdia tanto, nunca poderia ser campeão.
 
Dizem que a torcida do Boca passou a noite gritanto RIIIIIIQUE! RIIIIIIIIQUE!, Rique respondeu, mas ele não sabe que os "meia-bocas" entendiam INNNTER! INNNTER!!

1 comment:

ana said...

Oi, Maya!!!
confesso q, como colorada não secadora, senti muito pelos hermanos gremistas mas tb fiquei encantada de ver um grande jogador em campo como há tempos não tinha a sorte de ver!!!
é a arte do futebol falando mais alto, pena que muitos radicalizam e caem na ignorância pura!
abração e boa semana!